Domingo, 25 de Setembro de 2016

CAMPO GRANDE

Comandante de navio sai para andar de bicicleta na Orla Morena e desaparece

Mulher deixou bilhete dizendo que ia ao banco, sem o celular

22 SET 2016Por VALQUÍRIA ORIQUI17h:27

Comandante de navio da Marinha Mercantil, Maria Helena Menezes da Costa, de 49 anos, saiu na manhã de terça-feira, 20, para andar de bicicleta pela Orla Morena e não voltou mais. Familiares encontraram em cima da mesa o celular e um bilhete, escrito a próprio punho, onde ela explica que iria ao banco e que deixaria o aparelho porque estava sem bateria.

Por volta das 9h, o irmão de Maria chegou na casa e não a encontrou. Pouco depois, os dois sobrinhos que moram com ela, de 15 e 19 anos, que tinham saído às 7h para irem à escola, retornaram, e também não encontraram a tia.

Os meninos esperaram o dia terminar para avisar os demais familiares que a tia havia desaparecido. “Eles acharam que ela tinha saído e que iria demorar, e não que estava desaparecida”, explicou a sobrinha Vanessa Soares, de 25 anos.

De acordo com Vanessa, há quatro anos desempregada, a tia passava por problemas financeiros. “Ela tinha comentado este fim de semana com meu pai, que é irmão dela, que estava muito triste com a situação”, reforçou.

Pela manhã, quando saiu de casa, Maria levou uma bolsa com documentos pessoais e cartão do banco. A família já percorreu hospitais, polícia, IML e postos de saúde, mas seguem sem notícias. “Tivemos a informação de que próximo ao aeroporto uma pessoa teria visto uma mulher parecida com ela, mas já verificamos as imagens e não era ela”.

O aparelho celular foi vasculhado a fim de encontrar alguma pista do desaparecimento, sem êxito. Separada há dois anos do marido, Vanessa informa que a tia não teve outro relacionamento após o divórcio.

Leia Também