Sábado, 10 de Dezembro de 2016

TRÁGEDIA NA CAPITAL

Mulher morreu em incêndio quando
fazia companhia à irmã de 75 anos

Vítima não deixava idosa dormir sozinha e ficava com ela toda noite

2 DEZ 2016Por LAURA HOLSBACK E RENAN NUCCI08h:37

Margarida Rosalina Sandim, 62 anos, morreu em incêndio na madrugada de hoje, quando fazia companhia para a irmã, de 75. O episódio aconteceu em imóvel localizado na Rua Padre João Crippa, no Bairro Monte Castelo, em Campo Grande.

Sobrinha das vítimas contou à reportagem que Margarida morava com marido e filhos na casa da frente do mesmo terreno e que em edícula do fundo - de três cômodos, mora a irmã dela, idosa, que foi socorrida com queimaduras. Conforme a familiar, Margarida tinha o hábito de dormir todas as noites com a irmã para lhe fazer companhia.

Por razões ainda desconhecidas, fogo se alastrou pela edícula por volta da 1h de hoje e resultou na morte de Margarida. Filho dela, de 28 anos, e o marido disseram que saíram da casa da frente depois de ouvirem gritos e se depararam com a casa em chamas.

A porta estava trancada e foi necessário arrombá-la para ter acesso às vítimas. Filho de Margarida disse que a tia estava na porta, por isso foi possível retirá-la, mas que a mãe estava no quarto e como as chamas estavam altas não foi possível resgatá-la. “Ele gritava pela mãe, mas ela não respondia”, citou a sobrinha.

Margarida morreu carbonizada, segundo a polícia. A irmã dela foi levada à Santa Casa com queimaduras no braços. O caso está sob investigação.  

Leia Também