Quarta, 22 de Novembro de 2017

Aos 85 anos

Morre Toshimitsu Aratani, pioneiro
na imigração japonesa na Capital

Causas da morte foram naturais, informou a família

29 SET 2017Por MARIANE CHIANEZI16h:16

Morreu na manhã de hoje o pecuarista e bancário aposentado Toshimitsu Aratani, aos 85 anos. Um dos pioneiros da migração japonesa em Campo Grande, Toshimitsu faleceu de causas naturais, informou família.

Ele era o sexto filho de uma família de imigrantes japoneses no Brasil, ingressou na vida bancária aos 19 anos, em Presidente Prudente, fez carreira, casou-se com Kazue e teve quatro filhos.

Transferido de São Paulo para o então Estado de Mato Grosso, Toshimitsu construiu uma história de sucesso e incentivou os irmãos a também se mudarem para Campo Grande.

Após quase 30 anos de dedicação ao banco, aposentou-se e dedicou-se exclusivamente à pecuária, no município de Rio Negro, e ao esporte. Durante três décadas, jogou tênis e abraçou o beisebol e o gateball de Mato Grosso do Sul.

Foi uma das lideranças que batalharam pela construção da sede da Associação Campograndense de Beisebol e concretizou a realização do sonho de muitos adeptos à atividade: a criação da Federação de Beisebol e Gatebol em Mato Grosso do Sul.

TRAJETÓRIA

Toshimitsu teve sua trajetória contada em um livro elaborado no decorrer de um ano. Para ele, a saga da família do Japão ao Brasil ficaria esquecida pelo tempo e até enterrada de vez com a partida dos mais velhos. Então, decidiu publicar histórias que passarão de uma geração para a outra.

Leia Também