Terça, 27 de Setembro de 2016

Campo Grande

Homicídios assume investigação sobre desaparecimento de comandante de navio

Polícia foi até o local onde ela costumava ir, mas não teve informações

23 SET 2016Por MARESSA MENDONÇA11h:32

Ainda é um mistério o paradeiro da comandante de navio da Marinha Mercantil, Maria Helena Menezes da Costa, de 49 anos. Ela está desaparecida, desde a terça-feira (20), quando saiu de casa para andar de bicicleta na Orla Morena em Campo Grande. O caso já está a cargo da da Delegacia  Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios (DEH).

Conforme o delegado, Marcio Shiro Obara, desde que a polícia foi informada sobre o caso, várias diligências foram feitas. “Conversamos com amigos, familiares, e fomos até em hospitais, prevendo algo mais trágico, mas, não se tem notícia”.

Os locais frequentados por Maria Helena também foram visitados pelos investigadores, mas, novamente não conseguiram nenhuma informação sobre a localização da mulher.

ENTENDA O CASO

Maria Helena Menezes da Costa, de 49 anos, saiu  de casa na terça-feira, 20, para andar de bicicleta pela Orla Morena e não voltou mais. Ela deixou um bilhete informando que iria ao banco e não levaria celular porque o aparelho estava sem bateria.

Quando saiu de casa, Maria portava bolsa com documentos pessoais e cartão do banco. Ela estava desempregada há quatro anos e passava por problemas financeiros. Divorciada do marido, ela não tinha outro relacionamento.

A família dela já percorreu hospitais, delegacias, Instituto Médico Legal e postos de saúde, mas, segue sem notícias. 

Leia Também