Sexta, 30 de Setembro de 2016

OPERAÇÃO

Grupo de repressão ao crime organizado procura dois em Campo Grande

Além de dois mandados de prisão, 22 pessoas devem prestar depoimentos

20 SET 2016Por LAURA HOLSBACK06h:29

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), setor de investigação do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, está nas ruas de Campo Grande, desde às 6h de hoje.

Em nota, a assessoria de comunicação da instituição informou somente que devem ser cumpridos dois mandados de prisão, quatro de busca e apreensão e 22 pessoas devem ser notificadas a prestarem depoimentos.

Um dos alvos da operação é escritório de advocacia que fica na Rua Paraíba e pertence ao ex-secretário de Finanças da prefeitura e procurador-jurídica da Câmara Municipal, André Scaff. A casa dele também é um dos alvos do grupo.

O motivo da operação e outros locais onde ocorrem trabalhos investigativos não foram divulgados. Mais informações devem ser publicadas no decorrer do dia, segundo a assessoria.

Leia Também