Sábado, 27 de Maio de 2017

CAMPO GRANDE

Filha denuncia cuidadora que roubava
casa e agredia a mãe cadeirante

Suspeita batia em idosa durante o banho e a ameaçava para não contar

16 ABR 2017Por MARIANE CHIANEZI15h:12

Moradora da Vila Gomes, de 43 anos, denunciou uma cuidadora, de 41, depois de descobrir que a mulher roubava alimentos, roupas e joias de sua casa, além de agredir a mãe, uma idosa de 73 anos, cadeirante. Descoberta foi feita ontem, depois que a senhora apareceu com vários hematomas pelo corpo no apartamento que mora, em Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrência, a proprietária da residência começou a desconfiar da funcionária há 15 dias, pois os mantimentos comprados para o mês, estavam acabando rapidamente, sendo que durante o dia todo, apenas a cuidadora e a idosa ficavam na casa.

Ontem, a mulher foi dar banho na mãe e percebeu diversos hematomas pelo corpo da idosa e ao questioná-la, ela confessou que era agredida por quem deveria cuidar de sua integridade.  Além das agressões físicas, ela sofria tortura psicológica, pois era ameaçada caso contasse à filha o que estava passando.

A filha da idosa verificou em uma mala fechada da mulher, vários pertences seus e de sua mãe. A entrada da cuidadora no prédio foi barrada e, ao chegar para trabalhar, foi impedida pelo porteiro, ocasião em que começou a xingar e a ofender a moradora.

Suspeita trabalhava na casa desde outubro do ano passado. Caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro e será investigado.

Leia Também