Quarta, 22 de Novembro de 2017

CAPITAL

Exames gratuitos para diagnóstico de câncer de boca serão realizados no Centro

Ação acontece na semana de prevenção de lesões cancerígenas na boca

8 NOV 2017Por MARIANE CHIANEZI19h:00

O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso do Sul (CRO-MS), com apoio da Associação Brasileira de Odontologia – Seção MS (ABO-MS) e as universidades de Campo Grande realizam nesta quinta-feira (9) exames para previnir e diagnosticar o câncer de boca. Atendimento aos moradores serão gratuito.

Para a semana de prevenção será instalado um posto de atendimento, em que a população passará por uma triagem com o objetivo de diagnosticar lesões cancerígenas.

Uma unidade móvel da Prefeitura de Campo Grande também estará no local para atender a população.

Os casos diagnosticados como lesões pré-cancerígenas serão encaminhados para as unidades especializadas. O atendimento começa às 8h e seguirá até às 12h.

A DOENÇA

O câncer de boca foi um dos maiores responsáveis por óbitos registrados no Brasil em 2014 em decorrência do Câncer.

Embora Mato Grosso do Sul seja pioneiro no trabalho de prevenção ao Câncer Bucal, sendo o primeiro Estado a realizar a Semana de Prevenção e até mesmo um dos responsáveis pela Lei Federal que instituiu a Semana Nacional voltada ao combate a essa patologia, os dados ainda são alarmantes.

ÍNDICES

Em Mato Grosso do Sul, segundo o levantamento, a taxa bruta de mortalidade por Câncer de Lábio e Cavidade Oral por 100 mil habitantes em 2014 foi de 5,14 a 7,15 entre os homens, com um dos maiores índices, ao lado dos estados da região Sul e São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Já entre as mulheres a taxa foi de 1,30 a 1,51. Ainda sobre a mortalidade, os dados revelam que o Câncer de Boca atinge mais os homens. Do total de óbitos, 80% eram homens e 20% mulheres.

Os dados do INCA sobre mortalidade em 2014 ainda foram separados por regiões em Mato Grosso do Sul, sendo que as maiores taxas entre os homens foram apresentadas nos municípios que compreendem as áreas de Aquidauana (8,60), Três Lagoas ( 8,38) e Campo Grande (6,37). Já entra as mulheres: Coxim (4,84), Aquidauana (3,55) e Nova Andradina (3,76).*

*Com informações: assessoria de imprensa

Leia Também