Domingo, 30 de Abril de 2017

SEGURANÇA

Estados se unem contra tráfico
de drogas e roubo a bancos

Senhas dos serviços de inteligência serão compartilhadas

20 MAR 2017Por KLEBER CLAJUS E RENAN NUCCI11h:34

Termo de cooperação permite, a partir de hoje, compartilhamento de sistemas de inteligência entre os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Objetivo consiste em fazer frente ao crime organizado, tráfico de drogas, armas e roubo a bancos.

Acordo havia sido firmado, há mais de dois meses, durante reunião entre secretários de segurança pública em Campo Grande. Estes queriam sistema único para registro de ocorrências, porém sem financiamento optaram por compartilhar cinco senhas dos já existentes.

Para o secretário sul-mato-grossense de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, medida intensifica ações conjuntas contra o crime nas área de divisa e fronteira. “Queremos deixar polícias em alerta para, quando acontecer algo, vir de encontro”, ressaltou.

Com acesso irrestrito aos sistemas, conforme o secretário mato-grossense Rogers Jarbas, será possível alcançar resultados mais eficientes, ao passo que se demanda do governo federal investimento para aparelhamento das forças de segurança.

Outros estados planejam aderir ao intercâmbio de dados de inteligência, tais como Paraná, Minas Gerais e Goiás. Autoridades bolivianas também demonstraram interesse na estratégia de combate integrado as organizações criminosas.

Leia Também