Sábado, 18 de Novembro de 2017

TEMPO

Em três horas, chove 18 milímetros
e ruas ficam alagadas na Capital

Moradores de regiões sem asfalto e sem calçadas tiveram dificuldades

8 NOV 2017Por MARIANE CHIANEZI16h:19

Chuva intensa surpreendeu os moradores de Campo Grande no início da tarde de hoje. Quem saiu de casa sem guarda-chuva precisou recorrer a refúgios alternativos para aguardar a chuva passar ou pelo menos reduzir o volume de água. 

Apesar de o dia ter amanhecido com sol entre nuvens, previsão já indicava a possibilidade de forte chuva durante a tarde em Campo Grande. 

Conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), entre o meio-dia até as 15h da tarde choveu o equilamente a 18 milímetros. Como comparativo, chuva que ocorreu durante o último sábado (4) foi de 25 milímetros no mesmo período de tempo.

Apesar da quantidade registrada hoje ter sido menor que há de quatro dias, foi o suficiente para deixar vários pontos da Capital alagados e causar transtorno aos campo-grandenses.

Além do volume de chuva, rajadas de vento foram de pouco mais de 44 km/h.

O repórter fotográfico do Correio do Estado Valdenir Rezende registrou imagens de pontos de alagamento na saída para Três Lagoas, no Jardim Noroeste. Em pontos que não há asfalto e nem calçadas, as pessoas tiveram de percorrer trecho em cima de grama e ainda enfrentar muito barro.

Uma das vias que é alvo constante de reclamações dos motoristas devido aos alagamentos e que, novamente “sofreu” com a chuva, foi a Rua João Arinos.

Os condutores precisaram ter atenção redobrada, pois além de alagada, a rua é conhecida pelos excessos de buracos. 

Previsão do Inmet indica mais chuva para esta quinta-feira (9), podendo haver pancadas à tarde na Capital. A mínima deve chegar a 22º C, enquanto a máxima, 30º C.

 
  • Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado
  • Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado
  • Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado
  • Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado
  • Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado
  • Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado
  • Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado
  • Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado

Leia Também