Domingo, 25 de Setembro de 2016

REIVINDICAÇÕES

Em greve há 18 dias, bancários
se únem para doação de sangue

Greve dura mais de duas semanas em todo o país sem previsão de acabar

23 SET 2016Por LAURA HOLSBACK08h:40

A greve dos bancários completa hoje 18 dias e como maneira de protesto trabalhadores farão doação de sangue e cadastro de medula óssea às 9h, no Hemosul de Campo Grande.

De acordo com o Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região, além do ato de solidariedade, a ação será feita para protestar ao descaso da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) que se recusa a negociar com a classe bancária. Passeata também em caráter de protesto foi feita no dia 20, pelo Centro da Capital.

 A greve começou no dia 6 deste mês em todo o país. Em Campo Grande e cidades próximas, das 160 agências existentes, há atendimento ao público em somente 22 delas. Já que a Fenaban ainda marcou nova tentativa de negociação, não há previsão para o encerramento da paralisação.

OFERTA

Na sexta (16), a federação ofereceu aos bancários reajuste salarial de 7% e abono de R$ 3,3 mil. No entanto, a categoria pede reposição da inflação de 9,57% e mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24), participação nos lucros, combate à meta abusiva, ao assédio moral e sexual, fim da terceirização, segurança e melhores condições de trabalho. 

Leia Também