Sábado, 10 de Dezembro de 2016

CAMPO GRANDE

Comércio da Capital ficará aberto
até às 22h para aumentar vendas

Foi estabelecido também o reajuste do piso para os trabalhadores

1 DEZ 2016Por MARIANE CHIANEZI15h:19

A partir de segunda-feira (5), começa o horário especial de fim de ano no comércio de Campo Grande. Além disso, os trabalhadores de lojas chegaram a um acordo de reajuste salarial de 8,5% em reunião feita ontem (30), no Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande, Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Estado e Sindicato do Comércio Varejista.

Em relação aos horários de funcionamento, ficou estabelecido que, na próxima semana, estabelecimentos ficarão abertos até às 20h; Na semana do dia 12 ao dia 16 e 19 ao dia 23, se estenderá até as 22h. Nos domingos, 11 e 18, o comércio das ruas funcionará das 9h às 18h.

Na véspera de Natal, 24 de dezembro, o horário limite para o funcionamento do comércio em geral será às 18h e para os shoppings das 9h às 19h. Na véspera de Ano Novo, 31 de dezembro, o comércio em geral funcionará até às 16h e nos shoppings, até as 18h.

REAJUSTES

Para os empregados em geral e caixa, o salário passa a ser de R$ 1.091,00. Para os comissionados, a garantia mínima é de R$ 1.210. Auxiliar de comércio terá piso de R$ 977 e office boy e serviços em geral, R$ 955.

Para os demais funcionários o índice de reajuste será de 6,8%, a partir de 1º de novembro, data base das categorias.

A convenção foi fechada entre os sindicatos patronal e laboral do comércio de Campo Grande, que estabeleceu os horários especiais de funcionamento do comércio da Capital para este fim de ano, além de determinar os feriados de 2017 em que as lojas poderão abrir.

A negociação também contou com a presença de um representante superintendente do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE/MS), Dr. Vladimir Benedito Struck.

FERIADOS

Em relação aos feriados, Natal, Ano Novo, Sexta-feira da Paixão, Dia do Trabalho e Finados, o funcionamento será facultativo, ou seja, a critério do estabelecimento. 

Para pagamento de horas extras, foi estabelecido pagamento de 65% para as duas primeiras horas e, caso seja necessário avançar, serão pagos 95%.

Leia Também