Quinta, 17 de Agosto de 2017

LESÃO CORPORAL

Confusão por touro mecânico vira caso de polícia

Homem registrou boletim de ocorrência porque se sentiu enganado

19 JUN 2017Por MARESSA MENDONÇA10h:12

Homem de 42 anos procurou a polícia depois de se sentir enganado em festa junina do bairro Catiguá em Campo Grande. Isto porque ele participou de brincadeira em touro mecânico, mas não recebeu a premiação que prometeram.

Na delegacia ele contou que, durante a festa ofereceram R$ 2 mil para quem conseguisse ficar 7 segundos em cima do touro mecânico. Ele afirma ter permanecido no brinquedo durante 9 segundos até que o dono alterou bruscamente a velocidade  do cavalete e ele caiu. O homem chegou a ficar com escoriações depois da queda.

Questionado pelos policiais, ele respondeu que sabia sobre o risco de se machucar em decorrência da queda, mas alega que a pessoa que controlava o brinquedo agiu de má-fé para ele não ganhar o prêmio.

O caso foi registrado como lesão corporal culposa, quando não há intenção de machucar.

 

Leia Também