Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Disputa

Comando de campanha de Rose
fica acuado com pesquisa do Ibope

Ninguém do QG tucano quis falar sobre a pesquisa

16 OUT 2016Por Da Redação06h:00

A pesquisa do Ibope apontando a vitória de Marquinhos Trad (PSD) na disputa da Prefeitura de Campo Grande calou o comando de campanha de Rose Modesto (PSDB). Do outro lado, o clima era totalmente diferente, porque as pesquisas do Ipems, Ibope e Valle confirmaram o seu favoritismo. Marquinhos atribuiu essa vantagem ao apoio que vem recebendo nos últimos dias da corrida eleitoral.

No QG da campanha do tucanato, o clima era de desânimo. Ninguém quis comentar sobre os números do Ibope, divulgados na sexta-feira (14) pela TV Morena (Globo). O chefe da Casa Civil, Sérgio de Paula, único atender a ligação telefônica, alegou estar fora da coordenação de campanha, portanto, não poderia falar sobre o resultado do levantamento do Ibope. Ele indicou Marcelo Miglioli, que deixou na sexta-feira (14), a Secretaria de Infraestrutura, para tentar alavancar a candidatura de Rose. Mas ele não atendeu as ligações.

A pesquisa do Ibope acendeu a “luz vermelha” na campanha de Rose. Os números não estão sendo ignorados. Eles são assustadores porque a previsão é de derrota para a candidata do PSDB. O comando tucano estuda melhor estratégia para reverter os números.

Reportagem de Adilson Trindade está na edição de hoje do Correio do Estado.

Leia Também