Terça, 28 de Março de 2017

SEM CRONOGRAMA

Buracos voltam a aumentar e prefeito garante que há 19 equipes trabalhando

Trad disse que medidas urgentes estão sendo tomadas

20 MAR 2017Por GLAUCEA VACCARI E KLEBER CLAJUS10h:44

Nas últimas semanas, número de buracos voltaram a aumentar em Campo Grande, com reclamações de moradores de diversos bairros sobre ruas intransitáveis por conta do problema. Prefeito da Capital, Marcos Trad, garantiu, durante agenda na manhã de hoje, que 19 equipes trabalham no serviço de tapa-buracos em vários pontos da Capital.

Prefeito disse que todos os dias as equipes estão nas ruas e que o roteiro é divulgado com um dia de antecedência.

“Medidas urgentes são em toda a cidade e a equipe está em todos os lugares de Campo Grande”, disse o prefeito, sem especificar se há cronograma para o serviço ou critérios para elaboração dos roteiros.

No início deste mês, assessoria de comunicação da prefeitura informou que serviço de tapa-buracos é feito no “olhômetro” e com “uso do bom senso”, sendo priorizadas vias consideradas mais críticas conforme administração toma conhecimento desses locais.

Sem estabelecimento de prioridades, vias de grande fluxo, como algumas da região central, permanecem esburacadas.

Hoje, segundo Marcos Trad, frentes de trabalho estão atuando em diversos pontos, entre eles as avenidas Júlio de Castilhos, Marques de Pombal e Mato Grosso.

Avenida Marechal Deodoro, que também está tomada por buracos, não será atendida por tapa-buracos, segundo o prefeito, devido a via fazer parte de convênio com Exército para recapeamento. 

Além das vias de grande fluxo, moradores de diversos bairros reclamam do aumento do número de buracos.

Somente ontem, Portal Correio do Estado recebeu reclamação de moradores sobre ruas esburacadas no Conjunto Estrela do Sul e avenida Tamandaré, além de cratera aberta na Avenida Coronel Antonino, onde quatro veículos caíram em cerca de 20 minutos.

Leia Também