Terça, 19 de Setembro de 2017

NO COOPHAVILA

Atirador fez nove disparos para matar motorista e ferir uma criança

Perícia criminal identificou que suspeito usou pistola .40 mm

20 ABR 2017Por RODOLFO CÉSAR E TAINÁ JARA20h:29

O atirador que executou um homem, aparentemente de 35 anos, e feriu uma criança de 3 anos e uma mulher de 35 anos fez ao menos nove disparos. O atentado aconteceu na noite desta quinta-feira na BR-262, nos fundos co bairro Coophavilla 2, em Campo Grande.

A arma utilizada foi uma .40, conforme as cápsulas que foram encontradas pela perícia criminal. O delegado que cuida do caso, Hoffman D'Ávila Cândido e Sousa, não quis dar declaração até a publicação desta matéria.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a vítima estava em um Palio com outras quatro pessoas e seguia sentido Gameleira, onde fica o presídio de regime semiaberto da Capital. Não foi confirmado se o homem que morreu era detento.

No veículo ainda estavam uma mulher de 82 anos e uma adolescente, de 13 anos. O motorista morreu no local, enquanto a criança e a outra vítima foram socorridas para a Santa Casa com ferimentos considerados leves. Nenhuma corre risco de morrer.

O suspeito dos disparos estaria em uma moto, mas não houve informação se seriam duas pessoas ou apenas uma.

Conforme a PRF, a vítima tentou fazer o contorno ao notar uma movimentação, mas acabou sendo atingida pelos tiros. Até a publicação desta matéria, ninguém havia sido preso.

Leia Também