Sábado, 03 de Dezembro de 2016

MORTA A TIROS

PM suspeito de matar mulher
promete se apresentar à polícia

Crime ocorreu no domingo e desde então autor segue foragido

18 OUT 2016Por LAURA HOLSBACK11h:16

O homem que matou Katia Campos Valejo, 35 anos, promete se apresentar à polícia até amanhã cedo para prestar declarações sobre o crime. A informação é da delegada responsável pela investigação Fernanda Félix, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). A autoridade policial não quis falar sobre o caso e ficou de se manifestar com a imprensa somente após o interrogatório.

Kátia foi encontrada morta com perfurações de tiros na cabeça e tórax, na noite de domingo, na Rua Tintoreto, na Vila Nossa Senhora das Graças, em Campo Grande. O assassinato ocorreu na casa de policial militar da reserva, tido como suspeito de autoria. Conforme informações informais, ele tinha relacionamento amoroso com a vítima.

De acordo com o setor de comunicação da Polícia Civil, Kátia já esteve presa em 2012 por envolvimento em tráfico de drogas. Além disso, ela seria dependente química.  

Leia Também