Quinta, 29 de Junho de 2017

SAÚDE PÚBLICA

Prefeitura abre licitação e postos de saúde receberão remédios até fim do mês

Abertura das propostas será realizada em 23 de janeiro

11 JAN 2017Por VALQUIRIA ORIQUI16h:24

A prefeitura de Campo Grande abriu licitação emergencial para aquisição de 29 itens de medicamentos para abastecer as farmácias da rede municipal de saúde. A abertura do processo licitatório nº 220/2016, na modalidade pregão presencial, do tipo de “menor preço por item” foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial do município.

A abertura das propostas será realizada em 23 de janeiro, a partir das 8h, na sede da Central Municipal de Compras e Licitações, no Paço Municipal, na Avenida Afonso Pena, nº 3297. A previsão é de que o processo seja concluído em 15 dias e, até o fim de janeiro, as farmácias sejam abastecidas com os remédios.

No certame, há a previsão de compra de antibióticos, antiinflamatórios, remédios para o controle de pressão artéria, corticoides, insulina e canetas de aplicação que estão com estoques zerados.

VISITAS

Durante as visitas surpresas que o prefeito Marcos Trad (PSD) fez as unidades de saúde, anunciou a compra semestral de medicamento para evitar falta nos postos de saúde.

“Não vamos ficar ouvindo apenas o secretário. Tem que conversar com as pessoas e estar presente para saber o que está acontecendo”, declarou o prefeito.

Nas unidades os servidores reclamaram da falta de antibiótico, remédio para combater vômito e até de álcool, considerado essencial.  “Estou esperando o diagnóstico do secretário de saúde e vamos comprar remédios imediatamente. Vamos negociar com fornecedores, sentar, explicar para eles. A população não vai ficar sem remédio. O que for necessário fazer, vamos fazer”, garantiu.

Leia Também