Terça, 21 de Novembro de 2017

Perto do ônibus

Alunos são suspeitos
de causar explosão em escola

Alguns estudantes foram atingidos por estilhaços da vidraça

8 NOV 2017Por RENAN NUCCI08h:44

A Polícia Civil de Ponta Porã, na fronteira do Brasil com o Paraguai, investiga explosão ocorrida no final da tarde de ontem, ao lado de um ônibus em frente à Escola Municipal João Carlos Pinheiros Marques, na Vila Áurea. A suspeita é de que dois alunos da sétima e um da sexta série tenham acionado o artefato. As janelas do veículo se romperam e os estilhaços atingiram outros estudantes.

Conforme boletim de ocorrência registrado na 1ª Delegacia de Polícia, a motorista do ônibus, de 41 anos, disse que chegava à unidade de ensino para buscar crianças, quando houve a explosão ao lado do veículo. A inspetora da escola afirmou ter imagens do circuito interno de segurança, que mostram a ação dos três menores e vai entregá-las à polícia. Apesar do susto, ninguém se feriu com gravidade.

Leia Também