Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Discurso

Na Índia, Temer diz que Brasil oferece estabilidade política e jurídica

16 OUT 2016Por Folhapress09h:37

Em um discurso para empresários dos países dos Brics (Brasil, Rússia, índia, China e África do Sul) em Goa, na Índia, o presidente Michel Temer disse que o Brasil oferece agora "estabilidade política e segurança jurídica" para investidores e promoveu o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), lançado em setembro.

Mais cedo, ao falar para os líderes dos outros quatro países, ele disse que a superação da crise econômica brasileira "será a combinação da responsabilidade fiscal com a responsabilidade social", num recado também ao público brasileiro.

"Responsabilidade fiscal é, para nós, um dever maior e tarefa urgente. Sem ela, põem-se em risco os avanços sociais do Brasil", afirmou. "Mas temos consciência de que a responsabilidade fiscal, por si só, não basta. Dela, é indissociável a responsabilidade social, como duas faces da mesma moeda."

Temer, que tem sido contestado por muitos setores pela Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita o aumento dos gastos do governo por 20 anos, no entanto, disse que responsabilidade social significa, antes de mais nada, empregos.

"Só teremos emprego com crescimento, e só teremos crescimento com o equilíbrio das contas públicas", completou.

REFORMAS
Em seu segundo discurso neste domingo, dirigido a empresários durante a cúpula dos Brics, Temer declarou que seu governo está "empenhado em promover reformas que trarão de volta o crescimento e o emprego" e em "melhorar o ambiente de negócios".

"Convido as empresas dos países do Brics a investirem no Brasil, a participarem desse nosso novo momento. As senhoras e os senhores encontrarão um país com estabilidade política, com segurança jurídica e com grande mercado consumidor", disse.

Há menos de dois meses efetivamente como presidente, após o impeachment de Dilma Rousseff, Temer disse que já é possível "constatar sinais da volta da confiança" no Brasil e que o programa de parcerias de investimentos foi fundado por seu governo em "regras estáveis".

"A inflação, sabem todos, dá sinais de desaceleração. Os índices de confiança da indústria e do consumidor registram seguidas altas", afirmou.

Temer afirmou ainda que as agências reguladoras "voltarão a ter papel efetivo de supervisão".

Leia Também