Domingo, 19 de Novembro de 2017

RECONHECIMENTO

Ganhador do Nobel de literatura tem livros publicados no Brasil

O anúncio foi dado por Sara Danius, secretária da Academia Sueca

5 OUT 2017Por FOLHAPRESS13h:12

O escritor nipo-britânico Kazuo Ishiguro foi anunciado, na manhã desta quinta-feira (5), no horário de Brasília, como o ganhador do prêmio Nobel de literatura deste ano.

Ishiguro publicou no Brasil livros como "O Gigante Enterrado", "Não me Abandone Jamais" e "Os Vestígios do Dia", que já havia rendido ao autor o Man Booker Prize, outro dos grandes prêmios internacionais de literatura, em 1989.

O anúncio foi dado por Sara Danius, secretária permanente da Academia Sueca, instituição que concede o prêmio. Ela destacou que a obra de Ishiguro tem "grande força emocional" e "desvendou o abismo sob nossa sensação ilusório da conexão com o mundo".

Confira os livros de Ishiguro publicados no país:

"Os Vestígios do Dia"
Um mordomo à moda antiga se ressente pela decadência da aristocracia britânica no entreguerras e pelo fato de ter um novo patrão que não dá a mínima para o emaranhado de rituais que orientam sua vida.

"Não me Abandone Jamais"
Triângulo amoroso se passa em um internato onde todos os "alunos" são clones, produzidos com a única finalidade de servir de peças de reposição (no caso, seus órgãos).

"O Gigante Enterrado"
Obra trata de um velho casal que viaja por uma paisagem traiçoeira e sem lei para tentar encontrar seu filho, enquanto tateiam a névoa do esquecimento que parece ter se abatido sobre a terra devido a uma maldição.

"Noturnos"
Nas cinco histórias há música e cair da noite a enquadrá-las cenograficamente. Mas o verdadeiro tema comum apenas se revela se o título for também tomado, metaforicamente, como alusão ao momento de esfriamento das esperanças de o talento naturalmente se ajustar ao sucesso, cujas condições se descobrem aleatórias, injustas e, por vezes, ridículas.

"Quando Éramos Órfãos"
Christopher Banks é um garoto que fica órfão aos nove anos de idade. Vinte anos depois, ele se torna um detetive e resolve rever Xangai, palco da guerra entre China e Japão, fazendo com que sua busca pelos pais seja confundida com a busca pela ordem no mundo.

"O Desconsolado"
O renomado pianista Ryder viaja para uma pequena cidade do leste europeu para um concerto. Lá, ele se envolve em uma briga entre o violoncelista Christoff e o maestro bêbado Brodsky, e em todos os lamentos dos moradores locais que desabafam frustrações e sonhos com o pianista.

Leia Também