Terça, 25 de Abril de 2017

Crescimento

FMI projeta expansão de 0,2%
da economia brasileira em 2017

A previsão para 2018 subiu para 1,7%

18 ABR 2017Por Época Negócios14h:05

O Fundo Monetário Internacional (FMI) manteve a projeção de crescimento de 0,2%da economia do Brasil para 2017 e elevou a perspectiva referente a 2018 para 1,7%, número 0,2 ponto percentual maior que a estimativa anterior, divulgada em janeiro.
   
Se a previsão for confirmada, o Brasil crescerá menos do que a média dos países da América do Sul em 2017 e em 2018, com desempenho apenas melhor do que a Venezuela e o Equador, países que vêm sofrendo fortemente com a queda nos preços do petróleo.

A estimativa de crescimento para a América do Sul em 2017 e 2018 é de 0,6% e 1,8%, respectivamente, indicou o FMI. O melhor desempenho deve vir da Bolívia, com crescimento de 4% em 2017.

Quando se olha para a América Latina toda, o crescimento médio calculado pelo FMI deve ser de 1,1% e 2% em 2017 e 2018, com destaque para o México, cujo PIB deve ter expansão de 1,7% e 2%, respectivamente. "No Brasil, o ritmo de contração diminuiu, mas o investimento e a produção ainda estavam começando a sair do fundo do poço no fim de 2016", informou o FMI no relatório.

Leia Também