Terça, 17 de Outubro de 2017

LEILÃO

Argentinos são quarto consórcio a desistir de leilão de aeroportos

14 MAR 2017Por FOLHAPRESS21h:00

 A empresa argentina de operação de aeroportos Corporación América informou oficialmente que está fora do leilão de quatro aeroportos brasileiros, que ocorrerá nesta quinta-feira (16).

Em nota, a empresa diz ser "uma das maiores administradoras de aeroportos do mundo e holding dos Aeroportos de Brasília e Natal" e informa que desistiu porque seus estudos "não evidenciaram retorno condizente com as políticas de investimento da empresa".

Ao ganhar o leilão do aeroporto de Brasília, em 2012, a empresa ofereceu um ágio de 674% em relação ao preço mínimo.

Num curto comunicado, a empresa informou que "reitera seu compromisso nos atuais aeroportos que administra, e ressalta seu interesse em continuar investindo no país".

Ao menos três grupos já haviam desistido de participar do leilão de concessão dos aeroportos de Fortaleza (CE), Salvador (BA), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS). Eles não entregaram propostas na segunda para participar da disputa de quinta-feira.

O governo espera arrecadar pelo menos R$ 3 bilhões com as outorgas nessa rodada de licitação de aeroportos. Os vencedores investirão R$ 6,6 bilhões.

Entre os que desistiram está outro que entrou nos leilões anteriores, a CCR, que administra o aeroporto de Confins (MG). A empresa informou que os quatro aeroportos exigirão investimentos maiores do que o previsto e trarão receitas menores. Por esse motivo, houve tentativas de impugnar o leilão, mas sem sucesso.

Leia Também