Sexta, 24 de Novembro de 2017

MG

Após furto, dono de loja dá chance
para ladrão se redimir em MG

9 SET 2017Por G115h:20

O proprietário de uma loja de variedades que fica no Centro de São João Nepomuceno, na Zona da Mata, tomou uma atitude inusitada após ter seu estabelecimento furtado esta semana. Ele ofereceu uma chance para o ladrão se redimir.

A vítima colou um cartaz para o suspeito na vitrine do estabelecimento, informando que o suspeito foi flagrado e identificado através do sistema de câmeras de monitoramento.

"Favor devolver a bolsa que pegou ou entregarei a fita para a polícia. Seu idiota, você foi filmado", escreveu.

Ao G1, o proprietário da loja, José Antônio, disse que o objeto furtado foi uma bolsa que custa R$ 89,90. Caso o ladão que a pegou não devolva, ele disse que vai levar o vídeo até a polícia para que sejam tomadas as devidas providências.

"A intenção é que o jovem flagrado furtando devolva o objeto sem que seja necessária a confecção de um boletim de ocorrência, já que estes trâmites que envolvem a Justiça são muito cansativos e trabalhosos”, explicou.

Comerciante já viveu situações semelhantes

De acordo com o Antônio, o sistema de câmeras já flagrou furtos em situações anteriores e ele já usou um vídeo para solucionar o problema quando um homem furtou oito bermudas da loja. Ele contou que levou o vídeo até a casa do suspeito e chegou a mostrar a ação para a esposa dele, que lhe devolveu pelo menos três peças.

“Nessa ocasião, eu até cheguei a registrar a ocorrência, mas além de não conseguir todos os produtos de volta, ainda tive muita dor de cabeça em ter que comparecer ao Fórum por diversas vezes e não ter o caso solucionado, por isso prefiro tentar resolver direto com a pessoa”, afirmou.

O comerciante relatou ainda que, certa vez, percebeu através do sistema de monitoramento que uma idosa, que se locomovia com auxílio de uma bengala, estava colocando diversos objetos dentro da bolsa.

“A senhora estava ainda dentro da loja. Eu a abordei e convidei até o local onde fica o sistema de câmeras e mostrei para ela o flagrante. Envergonhada, ela admitiu o furto e me devolveu os produtos. A situação foi resolvida sem precisar envolver polícia ou Justiça”, disse.

Segundo a Polícia Militar (PM), até esta sexta-feira (8), a vítima ainda não registrou a ocorrência de furto.

Leia Também